Gerenciamento de Obras: o que é e por que é tão importante?

O gerenciamento de obras é uma peça essencial para garantir que os planos para seu projeto vão se tornar realidade e a construção terá um bom resultado.

gerenciamento de obras - Raboni Engenharia

Realizar uma obra não é uma tarefa fácil, porque é preciso organizar e acompanhar diversos serviços, os profissionais e ainda se preparar para imprevistos. Caso isso não seja feito de maneira adequada, a construção pode enfrentar vários problemas, como atrasos, falta de materiais, de mão de obra qualificada e até de orçamento.

Uma forma de ter certeza de que o seu projeto não vai enfrentar essas dificuldades é fazendo um bom gerenciamento de obras. E, para ter uma boa gestão, é necessário conhecer bem essa atividade, já que assim é mais fácil reconhecer e contratar profissionais qualificados para ela.

Pensando nisso, vamos explicar neste post o que é gerenciamento de obra e por que ele é tão importante para o sucesso de seu projeto!

O que é gerenciamento de obra?

O gerenciamento de obra deve cuidar tanto de etapas práticas da construção quanto de burocráticas. Essa gestão administra concomitantemente o orçamento, as equipes, os prazos e o desenvolvimento da construção. Dessa forma, é possível garantir que o cronograma será cumprido e que o orçamento inicial será mantido até a finalização da obra.

É importante deixar claro aqui que todas as construções estão sujeitas a imprevistos, até mesmo aquelas que são realizadas com uma gestão eficiente. Contudo, com uma administração de qualidade, é mais fácil e rápido solucionar os imprevistos que podem aparecer.

Isso acontece porque o gestor da obra está sempre acompanhando o andamento da edificação. Então, ele detecta possíveis problemas antecipadamente e consegue consertá-los. Sendo assim, os danos desses acontecimentos inesperados são reduzidos.  

Quem é o gestor de obra?

De acordo com a lei 5.194, de 1996, o gerenciamento de obras pode ser feito tanto por arquitetos quanto engenheiros civis. Mas, geralmente a função de gestor da construção é ocupada por engenheiros.  

Um gestor de obra tem que entender da parte prática do serviço, mas também de prazos, custos, contratos e admissões. Afinal, ele será responsável por organizar e acompanhar todos esses itens.

Além disso, esse profissional tem que ser bastante organizado e comunicativo para construir uma boa relação com suas equipes e com os clientes.

O que esse gerenciamento engloba?

Para que você entenda melhor como funciona o gerenciamento de obra, listamos abaixo as principais funções que essa administração engloba:

Estudo de viabilidade

O estudo de viabilidade é obrigatório para qualquer tipo de obra, porque ele analisa se o investimento que está prestes a ser feito valerá a pena. Nesse estudo, o gestor da obra confere os custos da construção e as possibilidades de venda do imóvel.

Nos custos, o profissional considera os gastos com materiais, contratação de equipes e os métodos que serão usados na obra. Ele também avalia no estudo as restrições geotécnicas da área, o zoneamento urbano, a taxa de ocupação, autorizações e limitações legais.

Caso a avaliação do gestor não indique um bom retorno sobre o investimento, a obra pode ser cancelada.

Orçamento

Saber quanto custará o projeto é fundamental para garantir que ele poderá ser feito com os recursos disponíveis. Assim, as economias dos clientes não serão prejudicadas e não haverá desperdícios.

Nessa etapa, o gestor tem que fazer uma pesquisa para levantar os preços e saber quanto será gasto com equipamentos, materiais, mão de obra, entre outros.

Além de levantar os valores, é essencial que o profissional considere as variações do mercado. Dessa forma, ele consegue chegar em um valor preciso para a obra, reduzir riscos e controlar de maneira mais eficiente os gastos do projeto.

Cronograma

Com um orçamento definido e o planejamento do projeto em mãos, é mais fácil entender como será o desenvolvimento da obra. Isso acontece porque de acordo com os materiais que serão usados e as equipes, o gestor consegue estimar quanto tempo durará cada etapa da construção.

Sendo assim, ele pode montar um cronograma com a entrega de materiais, organizar como e em que ordem as tarefas serão realizadas no canteiro e definir o prazo para a finalização da obra.

Organização do canteiro de obras

Durante a organização do cronograma é muito importante que o gestor de obra pense na arrumação do canteiro. Por isso, colocamos essa etapa em um tópico separado. O profissional deve analisar com muito cuidado como o canteiro será organizado para se certificar que o local será seguro.

Ele deve definir, por exemplo, onde ficarão os locais de descanso, banheiros e cada equipe. É essencial pensar também onde os materiais e equipamentos ficarão estocados para tornar o deslocamento desses itens mais rápido e seguro. Dessa forma, é possível aumentar a produtividade no canteiro.

Contratação de mão de obra

A contratação das equipes é mais uma responsabilidade do gestor da obra, pois ele é quem sabe quantas pessoas serão necessárias para realizar cada etapa do serviço. Ainda, esse profissional sabe quais qualidades os trabalhadores devem ter para atingir os objetivos do projeto e qual é a fatia do orçamento disponível para a contratação de mão de obra.

Apesar de a responsabilidade ser do gestor de obra, isso não significa que ele tem que fazer tudo sozinho. O engenheiro pode ter uma equipe para ajudá-lo no gerenciamento da construção.

Compra de materiais

A administração da obra também é responsável pela compra de materiais, porque os profissionais dessa equipe sabem encontrar os elementos mais adequados para o projeto. Eles fazem isso considerando as necessidades da construção, a qualidade dos itens e o orçamento disponível para a compra.

Além disso, uma administração formada por profissionais experientes e qualificados conhece bons locais para comprar materiais.

Supervisão das equipes

Fazer a supervisão das equipes durante o desenvolvimento do projeto é imprescindível para conferir se tudo está saindo como o planejado, evitar desperdícios de materiais, erros e antecipar problemas.

Esse acompanhamento ainda permite que o engenheiro verifique se os serviços estão sendo realizados de acordo com as normas de segurança e técnicas. Por isso, ele deve ser feito diariamente. Durante essa supervisão, o gestor sempre tem que conversar com os trabalhadores para saber se eles têm dúvidas ou avisos.

O gerenciamento de obra é tão importante para seu projeto, porque como ficou claro aqui, é ele que administra os recursos, tempo e as equipes da construção para garantir que ela terá um resultado excelente.

Sendo assim, sem ele, dificilmente sua obra vai cumprir os prazos, se manter dentro do orçamento, evitar desperdícios e ter uma boa finalização. Então, antes de iniciar a execução de seu projeto, não se esqueça de contratar uma equipe especializada no gerenciamento da obra.

E, se tiver dúvidas sobre esse assunto, entre em contato conosco para que possamos lhe ajudar!

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on pocket
Share on email
Share on print

Ver também